segunda-feira, 30 de janeiro de 2006

Postal Musicado: Portishead

Hoje trago aos frequentadores do apARTES a memória de uma canção que me ecoa na mente desde a ocasião da sua publicação. Trata-se, sem dúvida, de uma das canções da minha vida e está integrada num dos grandes álbuns da década de 90, o disco Dummy, primeiro álbum dos britânicos Portishead, chegado às lojas em 1994.

A canção chama-se "Glory Box" e embrulha-se num embalo docemente negro. Os diálogos inquietantes entre a voz trémula de Beth Gibbons e a guitarra caústica de Geoff Barrow desenham ambientes de densidade claustrofóbica, numa musicalidade confessional que rende uma das mais bem conseguidas odes à melancolia.

Uma canção para sempre. Para escutar, clique aqui.

1 comentário:

membio disse...

é realmente uma canção fantástica de uma banda bastante inovadora, é pena que tenham demorado tanto tempo para lançarem um albúm novo, será mesmo este ano?? espero q sim! desde então o único artista que descobri que realmente me deixou de boca aberta foi Tom Waits!!! Mas devem haver mais por aí ehehehe, eu é q ainda não os ouvi :)