quarta-feira, 11 de janeiro de 2006

Memórias do cinema

Ziyi Zhang e Takeshi Kaneshiro em Shi Mian Mai Fu (O Segredo dos Punhais Voadores, 2004)

2 comentários:

Daniel Pereira disse...

Considero-o sobrevalorizado. Visualmente brilhante, mas sem um argumento à altura. Mas como tanta gente gostou o problema pode ser meu.

A.C. disse...

Concordo que o argumento não está à altura do brilhantismo visual, mormente da fotografia, uma vez que resvala para alguns clichés. Mesmo assim, há um dramatismo quase operático que, não servido por um enredo de eleição, subleva a performance das representações individuais e encerra um traço polido para escrever as emoções humanas.