segunda-feira, 12 de junho de 2006

Danielson - Ships

Apreciação final: 8/10
Edição: Secretly Canadian, Maio 2006
Género: Folk-Rock Alternativo
Sítio Oficial: www.danielson.info








Daniel Smith pode parecer um desconhecido mas já há cerca de uma década que é o mentor de uma das mais interessantes empreitas da música alternativa americana e é muito justamente considerado um dos precursores de uma corrente musical que, nos tempos mais recentes, atingiu o topo da notoriedade com Sufjan Stevens ou os Deerhoof. Compositor prolífico, Smith tem mantido um fluxo de actividade assinalável, seja nos Danielson Famile, ensemble que divide com a família, a solo, ou na encarnação rock a que chamou Danielsonship Orchestra. Pois bem, corridos estes dez anos, a mais recente aventura do franchise Danielson é um evento singular. Mais actual do que nunca, Ships traz aquele tipo de folk-rock subversiva e insensata que a comunidade indie reclama. O tempo deu razão a Daniel Smith. Illinoise (de Sufjan Stevens) estourou no ano transacto e Ships tem tudo para lhe seguir a peugada. Melodias muito bem construídas, riqueza instrumental sem perder a sobriedade, arranjos afinados, uma voz voluntária (em falsete tocante), a dose certa de excentricidade, o balanço justo entre a harmonia e o desconcerto são as substâncias. A ajudar à festa uma verdadeira tribo (cerca de uma vintena de músicos) de talento: o próprio Sufjan Stevens, Greg Saunier, Satomi Matsuzaki e John Dieterich (todos dos Deerhoof), Ted Velykis (Ladytron), Josiah Wolf e Yoni Wolf (dos Why?), alguns membros dos Serena Maneesh, entre outros.

Ships vem engrossar o rol de discos indispensáveis da moderna música alternativa americana. Mais do que uma mera reunião de mentes competentes, o disco é a ablução dos atributos da música de Smith, livrando-a das minúsculas impurezas de outros trabalhos e, mais do que isso, fomentando a convergência das ideias mirabolantes do músico em prol de um objectivo maior. O espalhafato reduz-se assim a um caos saudável, organizado até onde o pode ser sem deixar de ser caos. O resultado é um colosso de sensibilidade e grandeza musical, com a pompa e euforia merecidas por estas composições e que, a despeito da interferência de muitas cabeças (e sentenças), soa coeso e harmónico. Sem ortodoxia, concessões ou conservadorismo. Nada tem a pronúncia de Ships. Sem meio termo, como sempre sucede com as coisas marcantes, isso é um pau de dois bicos: ou se venera ou se abomina este álbum. Mas não é já tempo de aceitar as paixões de Daniel Smith?

10 comentários:

RAA disse...

Pareceu-me esplêndido o que ouvi. Fiquei bastante interessado.

lyric disse...

Tomei a liberdade de usar a vossa review a este album aqui: http://www.max-pt.com/forum2/viewtopic.php?t=144414

Continuação do vosso excelente trabalho.


P.S.- Grande álbum este... para mim tão bom ou melhor que o Illinois do Sufjan Stevens

A.C. disse...

Não vejo nenhum inconveniente em fazeres o link para a minha review do disco de Danielson. Contudo, revê o referido link porque ele está a remeter para outro sítio qualquer e que nada tem que ver com o disco de Danielson.

Abraço

lyric disse...

link corrigido (depressa e bem não há quem)


See ya

Carioca do Brasil disse...

Caro AC, essa não é a 1ª vez, em consulta, que aterrizo neste blog. Desta feita, ouvidos ainda com o Danieldson ecoando na memória... As semelhanças, ou melhor, as associações que me ocorreram me remetem (mais imediatamente) ao The Negro Problem, seu mentor Stew. Ou, mais além no passado, ao Peter Gabriel (Genesis), mais especificamente, ao álbum Foxtrot e Peter Hammil do Van der Graaf Generator... Distanciei-me muito?

A.C. disse...

Caro Carioca do Brasil, bem-vindo ao apARTES e obrigado pela visita.

Em relação às associações com o projecto The Negro Problem, acho-as pacíficas, especialmente a nível instrumental, embora se note no trabalho de Danielson outro arrojo e menos previsibilidade.

Já a semelhança com Peter Gabriel ou Peter Hammil me parece mais distante, ainda que subliminarmente o conceito Danielson subscreva o mesmo distanciamento de estruturas de composição rígidas.

Em todo o caso, Ships é um grande disco.

Saudações cordiais

C.B. disse...

Audição, olhar, olfato, tato... gosto é como o rabo do cachorro, cada um tem o seu. Graças aos céus, alguns não balançam involuntariamente. Encontrei na verborragia e timbre de voz essas tais semelhanças com o Hammil (de quem, aliás, nunca fui fã). Da mesma forma que em Super's Ready (Foxtrot) do Genesis. Assim como vejo/ouço/leio Genesis no Stew e noutro artista bem interessante, Eric Matthews. Mas aí já um Genesis a "Trick off the tail", flertando com o pop(honesto). O pop agora me dá este trabalho extra de ocupar parêntesis. Sabe que resolvi re-ouvir Ships enquanto te escrevo só para confirmar as associações? Deve ser isso que chamam memorabilia. No mais achei acolhedoras suas palavras. Deu vontade de sugerir audições, mas pelo que vi, o difícil é encontrar alguém nas artes dos acordes que vc não conheça. Pensei em Beef (álbum: España a las Ocho), uma banda espanhola bem legal - este álbum em particular. Outro motivo pro meu retorno à casa tua é cumprimentá-lo, a terra do Porto (do vinho) pela brilhante Wraygun. Na minha opinião a melhor banda de rock do planeta! Parabens, Portugal e Paulo Furtado.
Passo a me assinar C.B. já que achei carioca do brasil de uma obviedade retumbante.
p.s.: Dê-me, por favor, dicas de coisas do nível (não necessariamente no estilo) de The Legendary Tiger Man ainda no limbo por aqui.
Um abraço.

spirit disse...

vou me atrever a um comentário que pode soar herege para muitos, mas foi exatamente o que eu sinti quando ouvi Danielson pela primeira vez. Para mim Daniel Smith retoma exatamente de onde os Beatles pararam, e Ship é a prova maior disso

Anónimo disse...

Looking for information and found it at this great site... »

Anónimo disse...

You have an outstanding good and well structured site. I enjoyed browsing through it Pictures recovery from a drive engilsh sheppard family coat of arms Pamela lee anderson nude picture Phone for magellan gps factory companyusa Free paris hilton gallery Moving services move pool tables minnesota Great lakes culinary school http://www.vacations-2.info/Cruises3.html Free baseball website templates http://www.breast-enhancement-3.info/price-range-of-liposuction.html Accounting staffing companies hentai free galery